akram zaatari – amanhã vai ficar tudo bem

associação cultural videobrasil, 2016

Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

a exposição, que aconteceu no galpão do videobrasil, trazia como prólogo uma linha do tempo que contextualizava a vida e a produção do artista libanês junto aos acontecimentos políticos de seu país. 

neste espaço, projetado por nós, as paredes foram tomadas por texto. estruturas modulares, geralmente utilizadas por equipes de filmagens, serviram de suporte para livros, fotos e conteúdo multimídia. a narrativa do que líamos na parede se cruzava ao conteúdo desses suportes por meio de um referenciamento numérico. já no catálogo, a linha do tempo se revela em meio às dobras de sua capa-folder.

Image

(fotos da exposição de pedro napolitano prata)